Como desenvolver soft skills e se destacar no mercado

Se você quer chamar a atenção do mercado, desenvolver soft skills é essencial. Confira agora como garantir a sua evolução profissional!

Se você ainda acha que para chamar a atenção no mercado de trabalho é só estudar tudo o que pode sobre a sua área de atuação e ter um currículo técnico bem recheado, chegou a hora de expandir essa visão.

É inegável que as habilidades técnicas (ou hard skills) são essenciais para que profissionais executem bem as suas funções no dia a dia, resolvam problemas em seus trabalhos e mostrem que dão conta do serviço, mas isso é só metade do caminho.

Além de demonstrar alta competência técnica, quem pretende se destacar entre outros profissionais precisa também desenvolver soft skills – que são capacidades mais subjetivas, porém tão importantes quanto o conhecimento técnico.

O que são soft skills

Enquanto as hard skills são habilidades técnicas mais facilmente mensuráveis em testes e provas, como o domínio de uma ferramenta ou a proficiência em um idioma, as soft skills têm um caráter mais subjetivo.

As soft skills estão relacionadas ao comportamento e personalidade das pessoas, sendo traços que costumamos identificar quando dizemos que tal pessoa é organizada, flexível ou comunicativa, por exemplo.

Por conta dessa subjetividade, desenvolver soft skills envolve um processo menos definido do que o desenvolvimento de hard skills – enquanto um curso “Como dominar o Excel” parece comum, pensar em um curso sobre “Como ser flexível” parece meio estranho, né?

O lado bom é que isso não significa que você não pode desenvolver as suas soft skills. Afinal, elas são características e habilidades que podem, e devem, ser trabalhadas como quaisquer outras, só que usando uma abordagem um pouco diferente.

Como você pode desenvolver soft skills

O primeiro passo para começar a desenvolver soft skills é identificar sua situação atual e os principais pontos de melhoria, e a subjetividade das soft skills torna essa primeira etapa um pouco mais complexa.

Quando falamos de hard skills é razoavelmente fácil fazer uma autoavaliação das suas habilidades e entender onde você precisa melhorar, mas quando falamos de soft skills é importante envolver outras pessoas para ajudar nesse entendimento – e isso significa criar uma cultura de feedback.

Usando novamente o domínio de idiomas como exemplo de hard skill, você pode facilmente autodeclarar se sabe ou não falar inglês de maneira geral, por exemplo. Mas e para falar sobre a sua habilidade de empatia? Você pode ter uma percepção sobre si que é diferente da que as pessoas com quem você convive têm, e ouvir esses feedbacks diferentes é importante para uma compreensão mais completa da situação real. 

Busque sempre escutar as opiniões e percepções de quem trabalha ou se relaciona com você sobre as suas soft skills, e use essas informações para construir um conhecimento mais abrangente de si e saber como melhorar.

Mantenha essa cultura de feedback acontecendo constantemente, de forma que as pessoas possam também contribuir com ideias sobre como melhorar as suas soft skills e você possa identificar a sua evolução ao longo do tempo.

As soft skills mais importantes

Enquanto hard skills costumam ter a sua importância bastante vinculada ao tipo de trabalho que você quer fazer, as soft skills são relevantes independentemente da área de atuação profissional, mostrando mais uma vez a sua importância para uma carreira de sucesso.

Após criar a sua cultura de feedback você será capaz de identificar quais pontos merecem mais atenção inicialmente e assim priorizar o desenvolvimento de suas próprias habilidades, mas um relatório do World Economic Forum sobre o futuro do trabalho pode também ser um bom ponto de partida para orientar seus esforços.

No estudo chamado Future Of Jobs publicado em 2020, o fórum econômico mundial destaca as seguintes habilidades como algumas das que mais terão um aumento na demanda até 2025:

  • Autogestão
  • Trabalhar com pessoas
  • Resolução de problemas
  • Pensamento e análise crítica
  • Uso e desenvolvimento de tecnologias 

Procure conversar com colegas de trabalho ou gerentes e outros superiores para identificar as suas necessidades de desenvolvimento nessas e em outras soft skills e use esse feedback para priorizar qual deve ser o seu foco em cada momento.

Entender quais áreas você mais precisa investir tempo e esforço para desenvolver soft skills são práticas essenciais, e não só para que você consiga se destacar em processos seletivos ou conquistar promoções no seu trabalho – esse crescimento também ajuda a aumentar a sua própria sensação de realização profissional.

É possível que você já tenha certo domínio sobre algumas das soft skills mais relevantes para a sua trajetória profissional, mas se dedicar nessa jornada de autoconhecimento vai levar você a um nível além de habilidade.

E se você quiser ficar sempre por dentro das principais tendências do mercado e acompanhar outras dicas sobre como se preparar para entrar e crescer como profissional, continue acompanhando o blog da Provi! Temos conteúdo novo toda semana para manter você sempre em dia.

New call-to-action

Veja mais sobre o autor

Matheus Torrano

Apaixonado por criatividade e inovação, busco maneiras de tornar as vidas das pessoas mais felizes com o meu trabalho.