Aprendendo em tempos de exaustão: crescimento e COVID-19

Veja como encarar as dificuldades do distanciamento social e equilibrar a saúde mental para poder se dedicar ao seu crescimento profissional.

Não há como negar que a pandemia da COVID-19 virou a nossa rotina de cabeça para baixo. Tivemos que mudar a forma como trabalhamos, como nos relacionamos com as pessoas, como nos comportamos nos raros momentos fora de casa e aí por diante.

Apesar dos graves impactos na vida de quem acabou se contaminando com o vírus e teve que lidar com problemas de saúde nada fáceis, muita gente adotou fortemente o distanciamento social e se livrou do coronavírus – mas acabou encarando outros problemas causados por esse período de tensão.

Perder o contato físico com pessoas queridas, não poder mais aproveitar os lugares que gostávamos de frequentar antes da quarentena, mudar para um regime de trabalho remoto e passar incontáveis dias sem nem pisar para fora de casa acabou trazendo novos problemas para as nossas vidas, e aprender a lidar com tudo isso é necessário para seguirmos em frente. Entender como todos esses fatores impactam as nossas vidas pessoais e profissionais é essencial para nos adaptarmos à nova realidade e superar essas dificuldades, afinal, a vida segue.

Na esfera profissional, muita gente já se adaptou ao trabalho remoto mas ainda sofre para conseguir colocar as coisas em ordem e trabalhar para o próprio desenvolvimento e crescimento. Será que tem como continuar evoluindo e aprendendo mesmo com tantas dificuldades nos cercando?

Efeitos da exaustão emocional

Com tanto problema acontecendo ao nosso redor, é inevitável que acumulemos tensões e preocupações ao longo do tempo, e essa situação de estresse prolongado é o que pode acabar levando uma pessoa à exaustão emocional.

Esse estado de exaustão é o que causa aquele sentimento de esgotamento emocional, o que pode incluir tanto sintomas físicos quanto emocionais. Alguns dos sintomas incluem: dificuldade para dormir ou alteração do sono, irritabilidade ou nervosismo durante o dia, alterações gástricas ou intestinais, desmotivação ou fadiga física, falta de atenção ou dificuldade de concentração, tristeza repentina e até mudanças no apetite.

Somar situações de estresse e cobrança na vida profissional às tensões causadas pela pandemia pode ser uma sobrecarga muito grande para qualquer pessoa, por isso é importante, antes de qualquer plano de crescimento profissional, pensar em como garantir a nossa saúde e bem-estar.

Como cuidar da sua saúde

Se você está sentindo sintomas de exaustão emocional, procurar ajuda de profissionais da psicologia pode ser uma ótima opção. Esses profissionais vão ajudar você a entender o que está afetando o seu bem-estar e trabalhar para criar estratégias que ajudem a reverter essa situação difícil.

Além disso, buscar novas atividades que te deem prazer e ajudem a livrar a cabeça de toda essa tensão também é uma boa forma de recuperar energia e trazer mais equilíbrio para a sua rotina.

Procure livros, filmes, séries, música ou qualquer outro tipo de conteúdo que você goste e reserve algum tempo para curtir e apreciar essas coisas sem se preocupar com mais nada. Também vale a pena buscar novos hobbies ou retoma antigos, como tocar um instrumento ou até cuidar de plantas aí na sua casa.

Outra boa alternativa é a prática de exercícios físicos, mesmo com as limitações de fazer na sala de estar ou no seu próprio quarto. Pode ser difícil reunir energia suficiente para se exercitar quando estamos nesse estado de exaustão, mas você vai ver que, se tiver paciência e persistir na prática, isso pode melhorar bastante o seu bem-estar geral.

Educação e crescimento na pandemia

Se você já conseguiu se recuperar e cuidar da saúde mental como deve ser, pode ser que a quarentena seja sim uma boa oportunidade para investir no seu crescimento profissional.

Com a ampla adoção do trabalho remoto e até a falta de atividades para fazermos fora de casa (infelizmente, vale lembrar), acabamos nos deparando com muito tempo livre que pode ser usado para buscarmos formas de estimular o nosso desenvolvimento e preparação de carreira. Afinal, manter a alta empregabilidade não deixa de ser importante.

Não esqueça: cuidar da sua saúde mental e bem-estar deve ser prioridade. Começar uma rotina de estudos, entrar em um curso ou até iniciar um novo projeto na sua área de atuação são atividades que vão contribuir para a sua formação, mas nada de se cobrar demais e tornar isso mais uma fonte de desgaste ou exaustão emocional.

Procure cursos online ou materiais de ensino que vão te ajudar a atualizar seus conhecimentos ou até expandir as suas habilidades profissionais e tente organizar uma rotina de estudos que não seja muito estressante. Talvez estudar alguns minutos por dia com alguns dias de folga se mostre até mais proveitoso do que afundar nos estudos por horas a fio todos os dias da semana sem nenhum descanso.

Para encontrar o curso certo nas melhores escolas digitais do Brasil e ainda fazer a sua matrícula sem precisar se preocupar em gastar um dinheirão agora, conte com a ajuda da Provi. Aqui oferecemos crédito descomplicado para quem quer transformar a carreira com o apoio de parceiros reconhecidos no mercado, e podemos dar o suporte que você precisa para atingir todo o seu potencial.

New call-to-action

Veja mais sobre o autor

Provi