Como identificar juros abusivos em empréstimos

Saiba se você está mesmo fazendo um bom negócio ou se entrou em uma furada e como identificar juros abusivos.

Apesar de ninguém gostar de pagar juros, é fato que eles são parte da nossa vida. Desde um simples parcelamento de contas até as taxas envolvidas em um empréstimo pessoal, os juros são cobrados como forma de remunerar a organização que está emprestando para você algum valor financeiro.

Até aí, tudo certo. Todo mundo sabe que there is no free lunch, e é justo que os agentes financeiros que oferecem essas práticas sejam remunerados por seus serviços. O problema começa quando as instituições se aproveitam de alguma desatenção ou descuido de seus clientes para cobrar taxas de juros exorbitantes, se beneficiando de maneira indevida no negócio.

Afinal, o que são juros abusivos?

Agora que ficou claro que nem toda taxa de juros é indevida, vamos ver como descobrir se você está lidando com juros abusivos.

Não existe nenhuma fórmula mágica, definição jurídica ou consenso legal que defina uma taxa de juros como abusiva. O que acontece é que essas taxas podem ser consideradas abusivas em basicamente duas situações: quando ela é muito acima da média do mercado, ou quando ela está sendo cobrada acima do que foi definido em contrato.

E como posso me proteger de juros abusivos?

Para descobrir se uma taxa de juros está muito acima da média do mercado, uma boa tática é solicitar simulações de empréstimo em diferentes instituições (como já comentamos nesse post aqui). Isso é uma tarefa mais fácil de fazer principalmente se você estiver buscando empréstimos online, já que essa modalidade, normalmente oferecida por fintechs (como a Provi) costuma ser menos burocrática e mais rápida do que em bancos tradicionais.

Além disso, você pode buscar no site do Banco Central do Brasil (BCB) as taxas cobradas para diferentes modalidades e também a taxa média de juros, que é calculada e divulgada pelo próprio BCB. No site você também tem acesso à Calculadora do Cidadão, uma ferramenta que ajuda a simular operações financeiras e conferir as informações envolvidas.

Agora, vale sempre lembrar que é de extrema importância a leitura atenta de qualquer contrato assinado. Assim você garante que sabe em quais termos o empréstimo está sendo realizado e tem informações para contestar uma possível cobrança indevida no futuro.

Depois de contratar um empréstimo percebi a existência de juros abusivos. O que eu faço?

Se mesmo com todas as precauções tomadas antes do empréstimo você acabar se envolvendo em uma situação de juros abusivos, calma que nem tudo está perdido.

Existem advogados especialistas nesse tipo de assunto que podem te ajudar, bem como decisões legais anteriores que abriram jurisprudência para penalizar instituições que cometerem esse tipo de cobrança.

Com o apoio de um advogado especializado nessas questões, você vai poder utilizar os instrumentos jurídicos mais adequados para revisar toda a situação em questão e conseguir que seja feita a devolução dos valores cobrados indevidamente.


Agora que você sabe como se proteger desse tipo de prática, tenha sempre muita atenção ao contratar empréstimos por qualquer que seja o motivo. Busque se informar bastante antes de assinar qualquer contrato para ter certeza de que você está firmando um acordo justo com uma instituição de confiança.

Aqui na Provi nós podemos te ajudar na hora de fazer um financiamento para alavancar sua carreira com um curso profissional. Sempre que precisar é só chamar nossa equipe para bater um papo e tirar todas as suas dúvidas antes de dar esse importante passo na sua vida.

Veja mais sobre o autor

Matheus Torrano

Apaixonado por criatividade e inovação, busco maneiras de tornar as vidas das pessoas mais felizes com o meu trabalho.