O que é um avalista?

Entenda para que serve um avalista e como essa pessoa pode ajudar no seu financiamento.

Na hora de oferecer um empréstimo ou financiamento, é normal que as empresas façam uma análise completa da pessoa interessada para entender a fundo qual a sua situação financeira e assim calcular as taxas de juros envolvidas no negócio. Empresas diferentes utilizam informações diferentes para realizar essa análise, mas todas vão estabelecer os termos negociados no financiamento de acordo com o resultado desse levantamento.

Pessoas que comprovam mais estabilidade financeira e garantias de pagamento conseguem negociar termos melhores, como juros mais baixos, enquanto situações mais instáveis representam maior risco para a empresa e, por isso, são submetidas a juros mais altos e termos mais rígidos.

Caso uma pessoa queira fazer um financiamento e não consiga comprovar tanta segurança de pagamento, ela pode chamar um terceiro que garantirá que a dívida será quitada, e é aí que surge a figura do avalista.

Afinal, o que é um avalista?

Se você procurar no dicionário, vai ver que avalista é definido como “pessoa que se responsabiliza diretamente pelo pagamento de um título cambial, exarando, de próprio punho, sua assinatura no verso ou anverso do mesmo, passando a responder como se fosse o avalizado”, mas aí complica demais. Resumindo: avalista é aquele que se responsabiliza por pagar o empréstimo ou financiamento feito por outra pessoa.

Para a empresa oferecendo o financiamento, o avalista representa a garantia de que ela vai receber a quantia devida caso a pessoa que tomou o dinheiro não arque com a dívida. Essa figura faz com que a instituição sinta-se mais segura, permitindo que o financiamento solicitado seja aprovado mesmo em situações onde o tomador do financiamento não tenha sido bem qualificado na análise de crédito feita inicialmente.

Qual a diferença entre avalista e fiador?

Assim como o avalista, fiadores são pessoas responsáveis pelo pagamento de uma dívida de terceiro que não foi quitada. Apesar da similaridade, existem algumas diferenças entre esses dois papéis, principalmente quanto às obrigações de pagamento, à penhora de bens e à ordem de execução.

Enquanto o avalista se compromete a pagar apenas o valor bruto da dívida, sem taxas e juros adicionais, o fiador é obrigado a quitar também todos os juros, multas e demais encargos relacionados.

Além disso, o avalista não pode garantir o pagamento da dívida utilizando patrimônio da própria família, enquanto o fiador conta com a possibilidade de fazer a penhora desse tipo de bem.

Sobre a ordem de execução, a diferença está no fato de que o avalista pode ser cobrado a qualquer instante, mesmo que apenas uma única parcela da dívida esteja vencida. Já o fiador é acionado apenas em último caso, após todas as tentativas de renegociar a dívida serem feitas sem sucesso.

Por fim, também vale notar que avalistas normalmente são solicitados em operações de concessão de crédito, como financiamentos e empréstimos, enquanto fiadores são mais comuns em questões imobiliárias.

Quem pode ser avalista?

As exigências para aceitar uma pessoa como avalista variam entre as organizações, mas normalmente as características solicitadas são:

  • Ser maior de 18 anos
  • Possuir um bom histórico de crédito
  • Não apresentar nenhuma pendência cadastral no CPF
  • Demonstrar renda suficiente para cobrir o pagamento da dívida

Esses são os aspectos gerais de o que é e para que serve um avalista. Agora você já sabe como funciona essa situação caso alguém te chame pra ser avalista, e também entendeu como recorrer a esse recurso quando for necessário.

Aqui no processo de financiamento da Provi você pode utilizar um avalista para facilitar sua liberação de crédito se precisar. Faça uma simulação gratuita de crédito para os cursos de nossas escolas parceiras e conheça nossos serviços que ajudam a alavancar sua carreira.

Nova call to action

Veja mais sobre o autor

Matheus Torrano

Apaixonado por criatividade e inovação, busco maneiras de tornar as vidas das pessoas mais felizes com o meu trabalho.