Proficiência financeira: como cuidar da sua saúde financeira

Entenda o que é proficiência financeira e como ela é importante para melhorar a sua saúde financeira e poder viver uma vida mais tranquila.

Apesar de logo nos primeiros anos do currículo escolar nós estudarmos diversos assuntos diferentes, como história, português, matemática e geografia, ainda existe uma área que muita gente acaba se preocupando só quando começa a ter problemas: as finanças.

É claro que nós aprendemos coisas básicas, como o fato de que o dinheiro é usado para comprar produtos e serviços, mas a educação financeira formal ainda é distante da realidade de muitas pessoas.

Lidar com as finanças pessoais é essencial para qualquer indivíduo manter uma boa qualidade de vida, e é por isso que a proficiência financeira é tão importante.

O que é proficiência financeira?

Proficiência financeira é o conhecimento que uma pessoa tem sobre como cuidar das suas finanças pessoais ou das finanças de sua família.

Assim como a proficiência de inglês mostra o nível em que uma pessoa domina aquele idioma, a proficiência financeira determina a capacidade de cada indivíduo de tomar decisões conscientes em relação ao seu orçamento.

Por ser uma forma de medir a habilidade financeira de uma pessoa, a proficiência financeira pode servir como indicador de qualidade da educação financeira a que cada indivíduo teve acesso.

A importância da educação financeira

Saber lidar com as finanças é realmente muito importante, mas não dá para negar que colocar isso em prática não é sempre uma tarefa fácil.

Muito além de gastar menos do que se ganha, uma boa educação financeira é o que vai te ajudar a entender diversos conceitos e serviços financeiros, como juros, empréstimos, parcelamentos e investimentos, para, assim, melhorar a sua saúde financeira.

Uma pesquisa realizada pelo Instituto Data Popular, por exemplo, mostrou que 82% dos consumidores brasileiros não sabiam das taxas de juros envolvidas ao contratar um serviço de empréstimo, dado que mostra a necessidade de melhorar a educação financeira no país.

Embora os empréstimos possam sim ser uma ótima opção para quem precisa de uma quantia considerável de dinheiro em pouco tempo, é essencial entender exatamente o que esse tipo de operação envolve para não comprometer a sua saúde financeira.

O que é saúde financeira?

A saúde financeira é a combinação de diferentes características que vão definir como cada pessoa lida com dinheiro.

Além do básico já citado de se gastar menos do que se ganha, uma boa saúde financeira também envolve ter segurança financeira para o futuro, tomar decisões conscientes para aproveitar seu dinheiro, honrar compromissos financeiros e conseguir alcançar seus próprios objetivos financeiros.

Um exemplo de como cuidar da saúde financeira é construindo uma reserva de emergência. Essa reserva é uma quantia de dinheiro que pode ser usada em caso de uma emergência ou imprevisto, como perder o emprego ou ter algum gasto médico elevado por conta de um acidente.

Uma boa saúde financeira é o que te dá tranquilidade para viver a vida sem ficar se estressando todo dia se vai ter dinheiro para pagar as contas no fim do mês e ainda saber que vai conseguir realizar suas vontades.

Como manter uma boa saúde financeira

Existem alguns passos simples que podem servir de base para quem quer manter uma boa saúde financeira, mas o mais importante é entender qual a sua relação com dinheiro e aprender a se planejar.

Você pode conferir nosso artigo com dicas para organizar as finanças pessoais para mais detalhes, mas aqui vão algumas das informações mais importantes para melhorar a sua saúde financeira:

Conheça seus gastos e suas fontes de renda

Pode parecer óbvio, mas é exatamente por ser algo tão simples que muita gente acaba se esquecendo de fazer um controle real de tudo o que ganha e tudo o que gasta.

Saber exatamente quais são as suas receitas e gastos vai te ajudar a evitar gastar mais do que você ganha, uma regra de ouro para quem quer manter a saúde financeira pessoal.

Defina metas e objetivos financeiros

Quando você define metas e objetivos e se compromete de verdade a alcançá-los fica muito mais fácil saber como gastar e como não gastar seu dinheiro.

Não importa se o seu objetivo é algo simples como comprar uma roupa nova, ou algo complexo como viajar para o exterior, o que vale mesmo é você estabelecer uma meta importante a ser alcançada após algum período de tempo e manter o foco.

Sempre pesquise antes de comprar

Pode ser que você já tenha parado algum tempo para buscar alternativas quando vai fazer alguma compra de valor mais alto, como um celular ou um computador, mas não é só nessas horas que a pesquisa pode te ajudar a economizar.

Um bom exemplo que faz parte do nosso dia a dia é a ida ao mercado. Sempre pare para olhar alternativas, conferir outras marcas, ver se existe alguma promoção ou algo do tipo. Você pode encontrar produtos em tamanhos diferentes de embalagens que acabam compensando mais e que ajudam a economizar no fim das contas.

Monte a sua reserva de emergência

Construa uma reserva considerando seu próprio perfil de gastos, garantindo, por exemplo, seis meses do seu salário para que você consiga arcar com todos os seus compromissos financeiros mesmo sem nenhuma fonte de renda.

É importante saber que esse dinheiro é exclusivamente para casos inesperados. Não gaste nada dele a não ser que seja estritamente necessário, assim você consegue mais equilíbrio e paz de espírito para não passar nenhum grande aperto.

Invista na sua proficiência financeira

Melhorar o seu conhecimento sobre finanças vai ser imprescindível para que você possa tomar decisões melhores a cada dia e aumentar ainda mais a sua saúde financeira.

Esse é o conhecimento que vai te ajudar a decidir seus investimentos, planejar compras de valor elevado, estabelecer regras e limites de gasto, e contribuir para uma tranquilidade financeira cada vez maior.

Busque sempre aprender mais sobre finanças e como aplicar esse conhecimento à sua realidade pessoal.

Conclusão

A proficiência financeira mostra o nível de conhecimento e habilidade que uma pessoa tem para lidar com as suas próprias finanças ou seu orçamento familiar.

É possível melhorar a proficiência financeira por meio da educação financeira, e isso é essencial para garantir uma boa saúde financeira e mais tranquilidade e qualidade de vida para qualquer pessoa.

Assim como entender e controlar os gastos é essencial para manter uma boa saúde financeira, aumentar a sua receita também é uma ótima forma de melhorar as finanças – e com isso a Provi pode te ajudar.

Se você é uma escola ou infoprodutor, entre em contato com a nossa equipe para saber como podemos alavancar seu negócio com a ajuda de uma plataforma completa de vendas utilizada com sucesso por centenas de negócios por todo o Brasil.

New call-to-action

Veja mais sobre o autor

Matheus Torrano

Apaixonado por criatividade e inovação, busco maneiras de tornar as vidas das pessoas mais felizes com o meu trabalho.